sexta-feira, maio 27, 2016

Diario de Sagres

Um Rei no seu reino
Sagres, 24 de Maio 2016

Foram quase quatro horas de trem até chegar a Lagos, vindo de Lisboa.

E já chegava atrasado para o jantar.

Não é facil sentar numa mesa onde estão já acomodados, Wolfgang Bloch, Andrew Kidman, Sandow Birk e Rusty Miller.

A sensação é estranha.

Alguma coisa de não pertencer a mesma estirpe daquela turma e ao mesmo tempo aceitar que, afinal de contas, somos todos apenas surfistas famintos de experiências e sedentos de histórias, nada mais.

Sobra-me a cabeceira, copo de vinho à frente, chouriço alentejano e uma vontade enorme de ouvir todas conversas paralelas.

João Rei, anfitrião do Sagres Surf Culture, me recebe com um sorriso largo e uma pergunta,

Já comeu, Júlio ?

Esse é o quinto ano que João faz isso aqui acontecer e ainda me custa acreditar que nessa primeira edição internacional, sou o único a falar portugues.

Sagres 



Sagres, 27 de Maio 2016

Passaram-se tres dias tão intensos que não houve tempo sequer para escrever.

Fizemos uma caminhada guiada de duas horas, um geólogo e uma bióloga nos explicando os pormenores da fauna e da flora dessa costa assustadoramente bela.

Paramos para almoçar na praia de __________ e Rusty Miller, 73 anos, trocou a roupa e deu um mergulho no mar gelado do Algarve como se fosse a coisa mais natural do mundo - e é!

A energia do homem é fenomenal.

Lars, o fotografo alemão que nos acompanhava, bufava e resmungava em ingles,

Como pode o Rusty ter caminhado por duas horas, descido o despenhadeiro e já está lá em cima nos esperando enquanto eu mal consigo me aguentar em pé depois de subir o barranco...

João tambem nos preparou uma visita guiada ao Forte e ao Farol, acompanhados pelo historiador Artur de Jesus que parecia tão encantado com as histórias que contava quanto seus ouvintes.

Ao final do passeio, diante de tanta informação, era dificil saber quem estava mais deleitado, nós com a riqueza dos detalhes dos reis e navegadores portugueses, ou o Artur ao perceber que estava ali diante de figuras com trajetórias de vida tão ou mais fascinantes do que alguns dos seus personagens.

Nem todos, nomeadamente Rusty, duas vezes finalista do Duke Kahanamoku em Sunset, pioneiro das bombas havaianas, primeiro surfista em Uluatu - ainda por cima filmado por Alby Falzon em agosto de 1971 e eternizado no clássico Morning of the Earth.







Um comentário:

R.Mellin disse...

ô passeio bom!