domingo, abril 04, 2010

diario dos Sinos VI

Martinho Da Vila diz que nós temos dois olhos,
um vê e outro enxerga.

Hoje (ontem) foi um dia diferente dos outros.

Normalmente nessa profissão você procura ficar proximo de pessoas interessantes para espremer alguma declaração que valha uma linha.

Sentei-me sozinho na mesma escada que fica a esquerda do palanque, em inglês alguem escreveria, alone with my thoughts.

De repente, vejo Toby Martin se preparando para uma entrevista atras (epa!) de mim, olhei melhor, la estava Dane Reynolds.

Dane é bem mais alto do que pensava, parece estar sempre só e ali estava para ver a bateria do Jordy.
Me pergunto se ele tem algum interesse no outros dois, Pat Gadauskas e Jay Thompsom.

Talvez não.

Bottle abre bem a bateria, acerta uma ou duas das suas rasgadas, ele conhece bem essa onda e vai dar trabalho, pensaria um desavisado.

A historia é outra, nota inferior a 5.

J.T. não é bem vindo no novo critério adotado pela ASP.

Jordy manda logo um aéreo reverse na sua primeira manobra.

Dane faz aquele barulhinho típico dos americanos, sshhhhhhh!!, ou waaaahh!!!

Whatever, diria algum afetadinho repórter local.

Toby ataca Dane com dezenas de perguntas, não entendo bulhufas do que eles falam, estou com a cabeça em outro canto - em casa talvez.

Jordy domina a pendenga sem problema, tudo dá certo pro sul-africano.

Esperem!

Pat G. pega uma onda e enlouquece, voa, roda, vira, mexe.
Jordy nem liga, ele sabe que a qualquer momento uma onda virá e ele fará o mesmo.
A onda não vem e Jordy perde enfurecido.
Reparem que nessa bateria não há vencedor, há somente perdedor.

Querem saber mais ?
Aconselho procurar em outro lugar.

Cafezinho

Me servia do café na tenda da merenda do Rip Curl Bells Beach Pro (opa! agora sim) enquanto Damien Hardman preparava sua cumbuca de cereais.
Dane perguntou,

acha que rola o segundo round hoje ?

Nem a pau, respondeu Dooma.

Aproveitei a deixa,

Alguma chance de ir pra Johanna nos proximos dias ?

Provável que sim, disse ele muito desconfiado.

Minutos depois, encontro com Renato e pergunto a ele sobre uma questão levantada pelo nosso caro MP (Miguel Perdreira),

que diabos aconteceu com o novo formato ?

Renato diz que a turma não curtiu essa de rodar de cara sem poder voltar e brincar de novo, alem disso seria injusto desde que 2010 a foice vai passar pelos 45 depois da quinta etapa.

Pior Bells que ja vi, diz o célebre torcedor do Avai

Damien foi pra Joahanna e amanhã (hoje) deveremos ir pra la.
A previsão é desanimadora e muda de 10 em 10 minutos.
Nem os locais tem saco de prever algo.
Dois deles, que trabalham no evento, dizem que Johanna ta grande e mexido.
Talvez Damien não tenha perguntado a eles.

Indio quer apito

Dane diz ao amigo ao lado, as ondas tão divertidas, quando a maré encher vai ficar bom la em Rincon (daqui, não o de la).

Andy diz ao Jadson,

vai la e diz que voce quer surfar a segunda fase hoje

Jadson responde,

Ta louco ? to chegando agora aqui no tour...vai la voce e fala.

Andy não desgastar a relação com Damien - nem Dane.

Clash of the Titans

Ja tinha visto Curren duas vezes antes aqui no estacionamento, as duas com seu filho que, dizem as boas línguas, surfa bem pacas - e é, vejam a gigantesca ironia, Goofy.

Agora, ver Curren vestido com sua roupa de borracha indo para bateria é uma outra sensação.
No estacionamento ele parecia um senhor serio do alto dos seus quase 50 anos, enquanto o Curren de camisa de lycra é quase uma assombração dos anos 80 que voltou para fazer justiça nesse mundo espoleta do surfe moderno de fundo.

Arrependei-vos pois nunca usaram a borda, miseráveis!

Diria uma voz gutural vindo dos Céus.

Porra, nunca tinha visto o Curren se alongando antes duma bateria, comenta um cara ao lado antes dos dois descerem a rampa que leva até a praia.

Naquele mesmo mar que todo round 2 foi relegado, Occy e Curren foram jogados aos leões.
Desci até a praia para poder ver a reação do publico que nessa altura lotava as areias de Bells.

Os locutores despejavam quilos e mais quilos de merda nos alto-falantes na esperança de entreter a corja.

Ainda hoje, 25 anos depois da primeira vitoria do Curren em Bells, a magia permanece.
Intacta.

Ossos e Aaaahs por todo lado e segundo consta, entre alguns dos top 45 presentes.

A posição dos braços, as pernas dobradas como quem senta na cadeira de diretor dum filme do Kurosawa, a prancha saindo da inércia para mais completa curva como uma faca afiada cortando um belo pedaço de carne, firme, segura, precisa.

Estava tudo ali: Michael Peterson, Phil Edwards, Dora, Nat, Rabbit.

Um movimento que não respeita tempo nem epoca, Timeless, escreveria um petit pedê aussie.
Em seguida entram duzentos surfistas para a expressão session.

Das 4.985 ondas surfadas, apenas duas ficariam na memoria de alguem com menos de 30 anos.

Medalha, medalha, medalha...

Hoje (ontem) foi mesmo um dia interessante, resolvi assistir a final do Grom Search internacional em pé la em cima da área reservada aos jornalistas.

Percebi que alguém se aproximava, nem precisei me virar,

Martin Potter postou-se logo a minha frente e perguntou,

Já começou ?

Sim, Medina ta na frente.

Por 30 minutos ficamos la, em pé, numa esquina vagabunda do palanque do Easter Classic, eu e Pottz.

Lembro vivamente sua final contra Slater aqui, provoquei.

É, aquela foi uma boa bateria...

Tem algum surfista predileto hoje no tour ?

Gosto do Parko, Slater, Taj, Fanning...Dane & Jordy também.

E eu pensando que ele mencionaria Dane & Jordy primeiro.

Quem vai levar essa ?

Kolohe é muito bom mas esse Medina é um freak. Se o circuito fosse em esquerdas, ele ganhava.

Nesse interim, Medina pega uma esquerda (!!!!!) e manda um aéreo tão limpo e perfeito que Pottz faz um daqueles barulhinhos

OOoooooohhh!

Quantos anos você tinha quando esteve no Brasil pela primeira vez ?

15 anos em 1981 pro Waimea 5000 naquela esquerda la do Rio...

Arpoador, adiantei.

Vai fazer todo tour comentando ?

Não, quero ficar em casa com minha mulher e meus filhos. Ja fiquei muito tempo viajando com o circuito. Farei os da Rip Curl, da Quiksliver e alguns da O'Neill.

Claw Warrick, dono da Rip Curl, sai apressado duma sala embaixo, Pottz grita

Hey, o moleque ta ganhando pegando esquerdas - em Bells!

Cala balança a cabeça concordando e abre os braços numa indagação silenciosa.

Prazer, Pottz, me chamo Julio.



Curren e Occy antes da Bateria em Bells 2010 from Julio Adler on Vimeo.

23 comentários:

Anônimo disse...

Obrigado Júlio! Agora a dúvida é: porque não comunicaram isso no início do ano, só para que jornalistas e fãs do mundo inteiro possam saber as regras do jogo logo à partida, além deles próprios e dos 45 (será que sabem mesmo?)... ou será que tiveram a mesma displicência (opa, palavra difícil!) com esse tema como com a carreira de alguns injustiçados atletas em 09?!... a ASP não se encherga mesmo! PROFISSIONALISMO! Se o pedem de um lado, há que oferecê-lo do outro. Caramba, será assim tão difícil?!... "Bring the Pros, forget the Bros!"

E esse Damien?!... depois de ter sido o campeão mundial mais inexpressivo de sempre, confirma agora o que já tinha constatado em Portugal 09 - pior director de prova do circuito! Fecha-se na sua concha, não pergunta nada a ninguém e decide o que lhe dá na cabeça!... mais uns dias e está a fazer companhia ao Perry!... por falar nisso, cadê ele mesmo!?...

E essa Bells de "qualidade mundial"... já está parecendo Mundaka ou Ribeira D'Ilhas! Quando é bom, é muito bom, mas primeiro que se acerte nela... e aí, sem o swel certo ou com ele pequeno... é muito mau! Já leste o que diz o Shea Lopez no Fantasy Surfer? Parafraseando Julin, clicka lá e vai!

Occy x Curren - a bateria do Rip Curl Bells Pro 2010! Para dois sujeitos a caminho (rápido!) dos 50, não está nada mal! O que está mal é a decisão da direcção de prova!... agora quero ver a desforra do Ogre em Bells... mas com 10 pés!

Aloha,

MP

Tom Veiga disse...

Animal, simplismente animal.... Curren mandou muito nesse dia... muito bom esse video dos bastidores Julio...

Anônimo disse...

Parabéns, Júlio.

Texto de primeira!

Alguém te patrocinou para essa ida à etapa de Bells? Em caso positivo, seria espetacular se isso se repetisse em outras etapas!

Cesar

Anônimo disse...

Júlio,

Parabéns! Diário dos Sinos está imperdível. Não economize nas palavras, fotos e videos.Queremos saber de tudo.
Me junto aos demais parceiros do Goiabada para que a cobertura se estenda às próximas etapas do WCT.
Olha,se tivermos que fazer uma vaquinha eu juro que entro com pelo menos cem pratinhas.
abraço
Lobo

J_A ( o outro) disse...

Tem mais gente querendo ver a bateria do medina do que a maioria do primeiro round do wt. Fenomeno maior do que acontecia com um tal de "de souza" meia decada atrás.
Bom também ver que o Andy ta na instigação, porque do jeito que estava , ia acabar correndo só as baterias especiais contra o occy e o curren. abç

Paulo Lima disse...

Caraca Julio, qdo crescer quero ser igual a você!! hehe

Grande cobertura bloguística, o Diário tá animal!!

tiberio disse...

que maravilha! em meio a novela que eh bells nada como uns bons capitulos de observaçoes das nossas neh rapaziadinha?? dale julio, nosso melhor dramaturgo!

e ahh prazer! my name is medina!!! hahahahah

João Carlos Guedes da Fonseca disse...

Caro Júlio;

Concordo com todos os elogios. Os seus textos são pra lá de excelentes.

abs João Carlos Guedes

João Carlos Guedes da Fonseca disse...

Caro Júlio;

Concordo com todos os elogios. Os seus textos são pra lá de excelentes.

abs João Carlos Guedes

Nico disse...

Quem devia comentar o tour todo es tu.

Venham dai mais diarios.

Abraço

rodrigo rozenbaum disse...

Muito boa a cobertura dos bastidores. Pra quem gosta de uma fofoca é um prato cheio( me incluo nessa).kkkkkkkkkk
Abs.

Rodrigo - Califa

Henrique Vasquez disse...

As vezes o filho do Curren é canhoto e acaba com a ironia..

Para mim Goofy canhoto é regular.

Vice-Versa.

Legal é ver que você admira os caras mas não fica lambendo ovo. Isso acaba com qualquer cobertura (e recheio).

abração

Viva La Brasa disse...

assistir o medina mandando aéreo na austrália trocando idéia c/ o pottz realmente é um privilégio...
se eu tivesse a oportunidade diria:
"ei pottz, pra mim vc ganhou aquela final no rio em 89!"
até hoje não vi ninguém mandar aqueles 'rock'n'roll' dele...
espero que o marreco esteja SURFANDO.
abração @

Anônimo disse...

Diario dos Sinos ta demais Julin!

abs,

Pedro Themudo

Diogo Alpendre disse...

A cada dia melhor. Ponho todo o dinheiro que puder e tiver para poder acompanhar as tuas palavras em todas as etapas do Tour, no kidding.

Acima de qualquer outra coisa, parabéns e obrigado.

Obrigado Uncle Júlio

Diogo "Diego" Alpendre
www.linhadeonda.blogspot.com

Fazedor de Filme da Esquina disse...

que gosto dá ler coisas assim.

texto simplesmente delicioso (opa!).

nos faça o favor de dar, pelo menos, uma caída.

abs

Anônimo disse...

Tá tudo bom, excelente!!!Se eu falar mais um pouco é merda.Saúde escriba e good trip.
Castro pereira

José Augusto Martinelli Neves disse...

Maurio Borges tem razão. Não existe na parecido em termos de cobertura do CT na net ou fora dela. Parabéns Júlio, texto brilhante

Burra Unanimidade disse...

"Querem saber mais ?
Aconselho procurar em outro lugar."

Não entendi a afirmação acima. Por acaso significa que sobre o campeonato não teremos mais observações, mas apenas fofocas dos bastidores?

Anônimo disse...

Muito bom. Realmente dá gosto de ler. Os brasileiros fizeram a mala dos 2 irmãos Hobgood. Excelente! Agora, o Jadson André surfa feio pra caralho, fiquei impressionado com tamanha falta de estilo!

Leo Barroso disse...

Excelente. O sucesso está tanto que quase deve estar valendo as saudades de casa. Quase.
Abraço ansioso pelo próximo capítulo.
Leo

Viva La Brasa disse...

Tão foda que até surrupiei 2 trechos do diário dos sinos na cara dura...

Guno Mendes disse...

Dae Julio, ta demais o Diário dos Sinos...Cheio de inpiração.Adoreeei!
Copiei até um trecho e comentei...
Da uma olhada se quizer. Valeu
Abraço