quarta-feira, setembro 22, 2010

Inedita parte 3!

10 comentários:

Anônimo disse...

Porra, Julio, seu blog já foi bem mais interessante. A acidez / lucidez dos seus comentários (eu concordando ou não com eles) é que te tornaram um dos melhores cronistas do nosso esporte. Vídeo? Só se for de surf, pelo amor de Deus!!!

Anônimo disse...

Porra Julin, vai escrevendo TAMBÉM!... Caramba... isso das Séries Fechando está muito bom, mas há que queira ler as tuas palavras, cara! Clicka nas teclas do teu Mac e vai!...

Abrazzoooo,

MP

Henrique vasquez disse...

Concordo,

A base do slater abriu e agachou.
Os ombros conduzem os movimentos com muito mais explosão..

Como se de dançarino tivesse se transformado em artista marcial.

Trocoua a estéticap ela eficiência...

Quanto as pranchas, quando ele usa as pequeninas, muitas vezes tenho a impresão que o movimento da manobra é radical mas muito ´´por cima dágua´´ sem cravar e jogar agua.

As vezes o cara siplesmente prefere a sensação no pé.


Esse bagulho do quase caiu tb acho meio foda... po o aéreo do slater em bells e o tubo em teahupoo...são fantásticos...mas se outro surfista tivesse feito o mesmo na perfeição, ou seja, sem quase cair, será que receberia nota inferior*.

Outra coisa que também penso à tempos é como Dane Reynolds incorpora e reformula o Occy em suas bordas e rabeta...o cara dá rabetada de backside como se estivesse de front.

valeu mto bom o podcast

Anônimo disse...

ricardo martins sempre fez altas prancha e deu muita força pra quem quis competir serio.
o programa foi curto e ele nem falou do vitor ribas meu heroi. tem continuaçao?
o julio falou demais dessa vez nao dexando os outros falarem
faltou o melim tambem
boas onda
Fernando

rodrigo rozenbaum disse...

Show de bola esse podcast..............não tem programa de surf na tv com tanta informação inédita.
valeu galera!!

Luigi disse...

tive uma 6'1 do ricardo martins quando tinha 16 anos a melhor prancha q eu ja tive certamente, muita fluidez muito legal ver o cara falando ..n por nada..mas qm jateve uma rm sabe o que to falando

Rodrigo Osborne disse...

Muito legal o RM falar dessa figura lendária, o BIRUNDA...
Dono de um surf estiloso, Birunda também era um grande gozador... sua presença na night era certeza de risadas, confusão e até perigo...
Tive a sorte de ver Birunda aprontando várias na Australia, inclusive entrar numa bateria do então famoso SAND CONTEST (surfers against nuclear destruction), no lugar de um famoso shaper brasileiro, que chegou na praia atrasado, mas ainda à tempo de ver o Birunda surfar algumas ondas cômicas usando seu nome.
Foi uma das coisas mais hilérias que já vi.
Fora o incidente de Pascoa em Cronulla.. mas isso é uma lenda pra depois...
parabens!!!
R.O

Anônimo disse...

osborne... ta convidado pra vir contar essa no podcast.. cade esse birunda? vamos achar ele e trazer essas historias de volta..
abracao
sifu

Pedro Cezar disse...

Amei os podcasts do RM. O cara tem muiiito a dizer. Sempre lúcido, ácido e com uma capacidade de autocrítica invejável. Sorte de quem o conhece ou já usou uma prancha feita por ele. Manhattan conection é o caralho!!

Anônimo disse...

Muito leagal a idéia dos podcasts. E Levar o RM foi tudo. Tive o prazer de viajar pela Austrália junto do Ricardo e o Birunda. Aliás acho que foi depois dessa viagem que não só o Ricardo, mas o Joca tb voltaram com um olhar mais profissional na carreira de shaper, perderam a Hidrojets prum politico de SP, mas fundaram a Wetworks. Vida que segue. Lendas do Birunda: Ele conseguiu, tentando tirar nosso carro da vaga, para voltar pra night, bebado, o parabrisa retrovisor do carro! Descobrimos, eu e o Ricardo, cedo indo pro surfe. Quer mais?

Abraço
Boi