segunda-feira, agosto 03, 2009

Slater fala

Kelly is clear that his preference is for ASP and ESPN to work together. “It seems like good progress is being made on some fronts going forward, and also many hurdles to be jumped and people who would like to see no further progress be made on it weighing in behind the scenes and mostly in private to try and derail positive change. As I understand it and would like to see it, ASP would fully continue in terms of surfing’s governing body,” Kelly says.

While Kelly insists he has “as many questions as anyone” about the precise format of the proposed new tour, more details are emerging.


Slater ao Tim Baker la na ASL

6 comentários:

Diogo Alpendre disse...

A pergunta é "De que lado está Slater ?".

Uns dizem que ele diz uma coisa, outros dizem que ele diz outra. Se calhar se o surf fosse mais profissional, alguém já teria feito uma entrevista de fundo com "The King", não achas Júlio ?

Diogo
www.linhadeonda.blogspot.com

Barbara Hannah disse...

Esse assunto tá ficando é muito do chato...uns dizem uma coisa.. outros dizem outras...aiaiai

beijo Julio

Bomba disse...

E a novela continua...
http://www.theaustralian.news.com.au/story/0,25197,25880719-5013406,00.html

Anônimo disse...

Senhores,

Procurem pela faixa "Solitário Surfista", de Jorge Ben, disco "Alô, alô, como vai", de 1980.

Embalado pela canção, e em tempos de internet, flerte com a ESPN, Nike e em tudo que isso implica, sinto-me à vontade para contribuir para o incremento do crowd: o fundo do 8, em frente ao Barril, tá cada dia melhor!! Se quebrar de sul/sudeste e vento certo, vale a conferida. Perdi a conta de quantos tubos vi no último domingo...

Boas ondas.

Gabiru

True Surfing disse...

Slater está do lado do dinheiro.

Que porcaria de circuito mundial é este com 16 atletas??

Qual a representatividade em relação ao mundo? Vai ser a turma do taylor Steele contra o resto do mundo?? Basta ver o estrago que alguns atletas completamente desconhecidos estão fazendo no ISA games...

Seria como se a FIFA resolvesse cortar todos os países africanos, ou do Oriente Médio por não serem tão competitivos...

Mas tanto no futebol, quanto no surfe, sempre existirá uma "Nigéria" para desclassifcar a Argentina...hehehe.

Isso sim seria a evolução do esporte. Desenvolvimento multi cultural e racial do surfe.

Tom Veiga disse...

Vamos esperar né.... muitas noticias disso no momento, acho que até o fim do ano tem algo concreto... abração a todos...