sexta-feira, março 26, 2010

Barko


Esse garoto jogava uma bola redondinha...

Recebo um imeio do Ricardo Lobo que recorda data curiosa e bem mais comum dez anos atras do que hoje.
Tinhamos habito de nos reunir para assistir os ultimos lançamentos em VHS e varar (opa!) a noite em debates acalorados que voltimeia terminava na delegacia da Gavea para averiguação.
Sorte não havia ainda bafometro, caso contrario nenhum dos convidados teria ainda carteira ou gozaria (epa!) de liberdade.
Nasceu ali o Goiabada, no meio duma tumultuada discussão entre eu e Bomba, Ricardo e Alema, Fiapo e Lobo ou Pepe e Martelus, a memoria não permite identificar personagens nem assunto.
O texto que Lobo nos enviou é duma sutileza paquidermica e me implorar pela sua publicação aqui nesse espaço sem pé e com cabeça.
Com imeio de introdução e tudo, com voces, Felisberto...

[Oi Julio "Ardo" Adler, Ricardo "Martto" Martins e Joca "Seccy" Secco,

Segue texto que será publicado no Ueivis. A idéia surgiu na casa do Ardo quando fomos ver um filme de surfe e o Martto (completamente torto) começou a gritar gol a cada aéreo que negrinho dava no vídeo.

Martto, não tornei publico tais créditos com medo de aerialistas revoltados cancelarem deliberadamente encomendas de pranchas.

Saudades de todos,

Ricardo "Lobby" Lobo
]

No verão, com o mar flat e o sol queimando feito maçarico, acabo ficando entocado na minha caverna. Só saio para jogar a pelada do fim de tarde, que rola aqui perto de casa.

Da galera que freqüenta as peladas daqui, Felisberto se destaca. O cara joga muito. Talentoso e fissurado, todo mundo conhece a figura, um peladeiro profissional super gente boa. Fiquei surpreso ao saber que ele pega onda de funboard e que é leitor do Waves. Ocasião em que me entregou uma carta e insistiu muito que eu a enviasse para o Site. Sendo assim, segue a íntegra da carta do Felisberto.

Prezados Empresários do Surfe,

Faço este apelo porque estou em busca de um patrocínio e já estou cansado de respostas negativas dos empresários do futebol. Enviei meu currículo para a Adidas, Nike, Olimpikus, Kappa, Puma, Penalty e tantas outras que não compreenderam o teor da minha proposta. Apesar de atuar no futebol, tenho certeza que tenho condições de gerar um bom retorno a uma marca de surfe no meu meio, que tem muita gente que usa surfwear.

Para que vocês entendam, sou um free soccer profissional muito famoso aqui na minha área. Um verdadeiro formador de opinião. Tenho muito talento. Aos doze anos, passei em um teste para jogar nas categorias de base do Fluminense, o melhor clube daqui. Mas não é bem isso que eu quero para a minha vida. Prefiro me manter fiel ao “real deal” do futebol. Continuar imerso no verdadeiro espírito do meu esporte. Esse negócio de acordar cedo, treinamento, cobranças, disciplina, alimentação balanceada e a obrigação de competir me tirariam do meu verdadeiro foco, da liberdade de jogar uma pelada com os amigos, isso sim a verdadeira essência do futebol.

Alem disso, sou um cara de berço, culto e antenado. Não quero ficar me misturando com uma ralé que está atrás de uma carreira. Estou acima desta disputa. Sou um “soul soccer” que posso oferecer algo mais.

Isso tudo a um custo bem inferior, eis que patrocinar jogadores de futebol sai bem mais caro. Aliás, quem garante que esses caras irão conquistar espaço na mídia? Todos sabem da dificuldade de se construir uma carreira no esporte e eles não são tão espertos e descolados como eu, que já percebi que o negócio é fabricar “press release”. Hoje, disponho de uma filmadora e pequena ilha de edição. Posso estar sempre enviando material para a mídia, garantindo assim um bom retorno.

Ressalto também, que alem de ser um atleta de alma, sou um especialista em gol de voleio e bicicleta. Vou para o campo, ligo uma máquina que fica lançando bolas para eu bater no ar enquanto minha namorada filma tudo. Em casa, edito as imagens e, cá entre nós, só coloco aqueles que entram no ângulo. Produzindo um belo material, cada golaço que vocês nem imaginam.

Mesmo não participando do futebol profissional, posso garantir que sou um dos melhores goleadores de bicicleta e voleio do mundo. As imagens estão ai para quem quiser ver. Vocês sabem. Imagem é tudo hoje em dia.

Não concordo com essa ditadura do futebol profissional que valoriza passes, dribles, visão de jogo, categoria, táticas, etc. Pra mim só vale gol, e de bicicleta ou voleio, no ar. È isso que a molecada gosta.

Considero-me um cara que contribui muito para a modernização do futebol, um visionário. Com meus vídeos de gols de voleio, cada vez mais animais, acredito estar estendendo os limites e modernizando o futebol. No futuro, o futebol será feito apenas de gols, que é o que todo mundo gosta de ver. Isso mesmo, as pessoas irão para os estádios assistir apenas a golaços como os meus.

Escrevo esta carta para que vocês, empresários do surfe, atendam ao meu apelo.
Preciso de um patrocinador para bancar a minha carreira. Sei que vocês do surfe patrocinam free surfers profissionais, bem como, muitas vezes dão mais espaço na mídia para atletas especialistas como eu do que para surfistas que entram para o WCT.

Como disse, posso dar muito retorno, conheço muita gente e alem de ser descolado, sou um cara boa pinta e cheio de estilo, muito bom para vender uma imagem. Ainda mais agora, que tenho um novo “nick” australiano. Com certeza um free socker de alma.

Portanto, peço a vocês do surfe que tem a cabeça aberta, e sabem dar valor ao que é cool, uma oportunidade para que eu possa me manter fiel ao verdadeiro feeling do meu esporte, que para mim é muito mais do que um estilo de vida.

Desde já, agradeço,

Felisberto “Barko” Barkinson

17 comentários:

Luciano Burin disse...

Soul Soccer foi sensacional ... parabéns ao autor pela bem-humorada reflexão.

José Augusto Martinelli Neves disse...

Caralhu Júlio....Muito bons os termos que tu usa tipo: "imeio" ou "voltimeia".....Gostava muito quando você fazia a análise dos Top 44 pela extinta Inside onde você dividia os top em grupos. Tinha os operários e outros que não me recordo. Todos com a acidez de quem entende muito do assunto. Saudades....Abração Zé Martinelli

Leo disse...

Soul surfer patrocinado continua soul?

Paulo de Tarso Duarte disse...

Fala Lobão e Julio

Aí é cutucar as "onça" com vara curta...

A chuva de pedras no Ueivis vai ser de doer!!!
E mais engraçado ainda de ler!

Matou a pau Lobo!

Anônimo disse...

Free soccer !!!!
hahaha , muito boa.

abs,

Pedro Themudo

Da Bomb disse...

Lacerda, mais um chopp por favor!

Gus Bombson : )

Henrique Vasquez disse...

Demais, comparação simples, porém genial.

Anônimo disse...

Da Bomb,

Muitas saudades da você, meu camarada.
abraço de canguru.

Abraço PThEMUDO,

Paulo Ganso, você ta em Santos ou em Brasília?

Luciano,José,Leo e Henrique. Obrigado pelas postagens

R. Lobo

André Côrtes disse...

saudades também, de todos. Salve Armando Nogueira!

Fazedor de Filme da Esquina disse...

Lobo, sou seu fã.

Genial.
já li 2 vezes e continuo rindo sem parar.
pena que quem mais precisava ler isso, provavelmente não vai entender...

: )

abs!

Anônimo disse...

Taí prontinha a próxima campanha de sucesso da Osklen: o desenho de uma bicicleta em alto contraste bem grande nas costas. Na frente, um logo em Helvética Bold: "Soul Soccer".

Depois de "Surfing the City"; "Amazon Gaurdians"; "United Republic of Ipanema", chegou a vez da marac mostrar pra gente o verdadeiro futebol arte.

Se você é Cool mesmo, esse é o canal.

Adorei o texto. abs

Paulo de Tarso Duarte disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo de Tarso Duarte disse...

Fala Lobão

Tô aqui em Brasília, aqui é para engenheiro e arquiteto é um canteiro de obras a céu aberto e fechado!
E nego e nega, aqui, metem a mão sim... a fama e reputação procedem...
Curiosos é que aqui quando se referem aos "paraíbas" como falamos aí no Rio, dizem... "goianos"!!!
Mas começo de maio estarei no Rio, para ver a família em Copa, voltar ao quintal no posto 5, e, se der sort,e comer areia no quebra coco!
E como disse o Cauli uma vez, sair com os bolsos da bermuda cheio de areia, e voltar ao trabalho na terra dos calangos!
Cara a confusão que ele arrumou com esta frase, com os "fabulosos" e "sensacionais" "surfistas" do Posto5 foi histórica!
Saudades de todos aí, da conversa jogada fora, chopp em pé ou sentado, seja em pé sujo ou baixo leblon ou gávea... da Veltra, e dos papos furados e cheios em fim de expediente!

Grande abraço!

Anônimo disse...

abraco forte Lobo !

Pedro Themudo

Anônimo disse...

Porra, genial! Mas como disse meu colega de alfarrábio, logo acima, quem deveria ler não vai entender.
Quanto a campanha da Osklen, faltou dizer que os tecidos serão "stonados" para dar aquele ar fashion "não tô nem aí".
Posso contar uma outra piada?
Aqui em Cabo Frio, a "maior fábrica de pranchas" da cidade expandiu seus domínios para uma "Surf shop" (!!!). A filosofia da corporação é: trabalhamos com as marcas top de linha (Coca-Cola, Colcci e afins)da moda e sucateamos a matéria prima das pranchas para vender de qualquer jeitos para os turistas mineiros, sua maior clientela.
Moral da história:
Tem sempre um otário para sustentar um esperto.

J>A ( o outro ) disse...

hahaha,
SENSACIONAl !!!!
só falta avisar ao seu amigo BarKo que ele ta defasado, o voleio de back carpado já está ultrapassado, a onda agora é o altinho acrobático, abç

tiaslovro disse...

Genial!