sábado, agosto 18, 2007

Neste domingo, tem corrida

Rodrigo "Pedra" Dornelles, usa as bordas pra derrubar aerialistas. Foto: ASP

Dane Reynolds é provavelmente o surfista mais adorado pela mídia surfística neste momento. Ele e o gordinho Jamie O' Brien. E o que os dois tem em comum além de serem americanos? Eu respondo: surfam a maior parte do tempo descolados da superfície da onda e no sentido invertido. Tudo bem, estou exagerando um pouco, mas só um pouquinho. Na real, são dois ótimos surfistas, isto é, se o padrão para comparação for você e eu. Agora se for para compara-los com a elite do surfe profissional, faça-me o favor, desista.

Talvez por eu ter aprendido a admirar o surfe vendo caras como Mark Richards, Tom Curren e Tom Carrol (entre outros) desenhando as ondas, eu tenha ficado meio conservador. O fato é que truques, aerials e piruetas não me impressionam. Na melhor das hipóteses, para finalizar uma onda, podem ser uma alternativa. Mas jamais sacrificando a linha da onda. Pronto, já tô querendo uma coisa impossível...

Tudo isto pra dizer que o Pedra [que na minha opinião é um dos caras que melhor desenha a linha da onda, dos que estão por aí] atropelou o Dane Reynolds para chegar às quartas de final do WQS de Lacanau que amanhã tem o seu dia final, com a primeira chamada acontecendo às 11h (Brasília). Mas mesmo deixando o americano pra trás, na galeria de fotos do evento, encontra-se uma ou duas (eu não encontrei a segunda) do Pedra, contra dezenas do Dane Reynolds.

É impressionante a campanha que há para nos enfiarem guela abaixo estes "aerialistas". E por favor, não me levem a mal. Nada contra o sujeito dar um aerial e achar bacana. Nem contra quem assiste e também acha. Mas em competição, desde o início dos tempos, o cara que ganha é aquele que risca mais e estraga menos a onda. Aquele que flui com ela.

E até que mudem esta regra, não adianta ficarem paparicando os garotos voadores. São os caras que sabem usar as bordas de suas pranchas que vão levar os canecos.

Ah, em tempo: além do Pedra, também há o Jihad pra assistir amanhã. E como eles estão em lados opostos da chave, pode dar uma final brasileira. Põe um lembrete no celular e não perca a chance de acompanhar as corridas.

4 comentários:

Anônimo disse...

O mais engracado e que venceu um "garoto voador", Jordy Smith.


Vovo, tem que comecar a se atualizar.

Tambem gosto muito do surf de linha, mas nao entendo o "desprezo" que a old, old, old school ve nos caras que reconhecidamente sabem surfar, independente de prefirirem aereos ou nao.

Jamie e Dane sabem. Nao sao como um Josh "sapo com duracel no c*" Kerr.

Faz o seguinte, tenta surfar Pipe como o Jamie faz, depois vc volta a postar.



O Julio pelo menos era sensato.

Anônimo disse...

Amigo,

Respeite a opinião dos outros se quer ter a sua respeitada. O surfe é subjetivo como qualquer outra arte.

Abraço

Anônimo disse...

nossa enfia o dedo no c... e tira do teclado pelo amor de deus.. que de surfe ja vi que tu é fraco mesmo.achar o pedra"velho,ruim,feio,surf duro,nunca deu um aereo na vida" dornelles melhor que J.O.B e Dane "o kelly disse que ele é foda" reynolds é coisa de faixa branca.
abs

Hal disse...

Acho que o critério de julgamento vai mudar, com o tempo vão valorizar mais os aéreos. Nada contra o estilo "clássico" mas já está mais do que na hora da ASP "rever os seus conceitos"...