domingo, agosto 19, 2007

Agradando gregos e troianos

Jordy Smith cravando a borda para vencer. Foto: ASP

Não deu pro Pedra e pro Jihad. Como eu dizia, venceu aquele que soube usar as bordas da prancha. Jordy Smith sabe fazer isto e também sabe voar. Assim, ao buscar pontos numa competição, rasga e desenha com vontade. E na hora de posar para os fotógrafos, voa como poucos. O difícil, é saber a hora de fazer uma coisa ou outra.

Jordy Smith voando para dar show. Foto: ASP

Dizem que o estilo dele é parecido com o do Parko. Pois eu digo que ele está fazendo o que o careca sempre fez. E a gente sabe no que isto vai dar, né?

6 comentários:

Anônimo disse...

Pronto, me redmindo do comentario no post anterior, esse foi um texto sensato.

Jordy Smith sabe fazer os dois. O surf fica bem mais bonito.

Surf feio eh de "sapo com duracel no c*". Mandar um aereo para finalizar uma onda e um recurso muito valido.

Ponto para vc.

Anônimo disse...

Concordo que o Jordy Smith surfa muito bem, mas com os juízes dando uma ajuda fica mais fácil, ao que parece todo ano a ASP elege alguém para ajudar, e este ano o eleito é o Jordy,

Anônimo disse...

http://globoesporte.globo.com/ESP/Noticia/Surfe/0,,MUL90474-7500,00.html

"A etapa 6 estrelas da “perna européia” do WQS, em Lacanau, na França, terminou, neste domingo, com a vitória do sul-africano Jordy Smith, que assumiu a liderança do ranking desbancando o porto-riquenho Tiago Pires. O brasileiro melhor colocado nesta etapa foi Jihad Khodr, que chegou às semifinais depois de vencer o havaiano Joel Centeio. Rodrigo Dornelles foi às quartas e caiu na bateria contra o australiano Dayyan Neve."

Quantas gralhas destas serão necessárias para um atleta poder pedir a dupla nacionalidade?

carlos leo disse...

cade o logo da billabong??
prancha branca??!!

Giovanni Mancuso disse...

Sim, Carlos Leo, prancha sem logo da Billa. Entenda o caso aqui: http://giovannimancuso.blogspot.com/2007/07/me-quebrou-as-perninhas.html

Giovanni Mancuso disse...
Este comentário foi removido pelo autor.