terça-feira, janeiro 04, 2011

A PRANCHA





A prancha tava bastante usada,
o dono colocou na galeria River.
Foi vendida com todas suas memórias
15 tubos,
4 viagens a guarda do Embaú
3 beijos que saíram mais caro que o combinado
4.372 ondas sem maior importância
1 aéreo na junção
1 carona que quase virou família
3 rasgadas que renderam conversa na areia
1250 vacas
8 pontos na panturrilha
2 toneladas de pôr do sol
37 mil kilômetros de horizonte…
o turista incauto pagou 390 reais
e em 20 minutos de surfe partiu-lhe ao meio.
Os dois pedaços ficaram na beira da praia
até que um moleque de passagem
catasse os restos e inventasse um brinquedo que mudaria sua vida para sempre.


No blogue do Pepe tem mais...

7 comentários:

Pedro Cezar disse...

pôxa...
só tenho a agradecer!!
Valeu Julio

Ppu

DSC disse...

porra..essa foi muito boa...arrepiou!!!!

elgrandemachodemierda disse...

Celente!

abc

Marcelo Sá Barreto disse...

Sem comentários... fantástico.

Anônimo disse...

Brilhante!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

abs,
Lobo

Luiz Alberto disse...

Fantástico e simples como um direto no queixo! É impressionante como um pequeno texto pode levar a mente tão longe...

mirckur disse...

That is very good comment you shared.Thank you so much chat that for you shared those things with us.Im wishing you to carry chat sohbet on with ur achivments.All the best.