terça-feira, junho 14, 2005

Brasil surf

[O arquivo traz a data de 15 de julho de 2002, 7:03 AM, fica numa pasta de textos inacabados.
Se não me falha a memória (e ela falha bastante), folheava uma Brasil Surf e deu vontade de reproduzir o endereço da loja mais bacana do pedaço e patrocinadora do primeiro campeonato internacional de surfe que testemunhei: Waimea.
Ficou faltando uma boa desculpa para continuar. Todas idéias que apareciam era rebatidas com caretas inimitáveis e alguns palavrões pronunciados bem baixinho pro mundo continuar isento das minhas pequenas frustrações.
Pra que serve um blogue, afinal de contas, senão para deixar público um texto sem pé, nem cabeça ?
Rafael Sobral é o gênio que reinventou os saites de surfe do Bananão com o waves.com.br, seu passatempo predileto quando não está caminhando elegantemente pelo bico do seu pranchão.
O garoto tinha acabado de inaugurar o espaço de discussão no rodapé das matérias, provocando uma interação nunca antes imaginada: começava o Fórum do waves.
Quando digo nunca antes imaginada, me refiro aos carentes das letras, que batucam num teclado como Gene Krupa espancava sua bateria.
Sorte nunca ter me exposto em responder um desaforo ou elogio publicamente, sempre encaminhava a mensagem direto pro autor do comentário, diretamente.
A maioria dos pentelhos quando confrontados amoleciam, provando que tudo não passava de bravata, mas me fazia perder tempo respondendo.
Relendo hoje, percebo que era apenas um deles.]


Waimea, Rua Montenegro, 129, esquina com Barão da Torre.

Tem coisa mais chata do que saudosista ?
Aquele sujeitinho ranzinza, cara amarrada, pobre infeliz de passar pela péssima experiência que é viver nos dias de hoje.
Ele mesmo.
Talvez a única criatura mais odiável do que os saudosistas são os malditos progressistas: ô raça!
Perdendo parte do meu precioso tempo lendo as infinitas besteiras que bostejam na grande rede, irritei-me com a falta absoluta de memória da garotada.
Falo em garotada e us prêi já saem correndo pra escrever imeio defendendo, eles nem sabem o que, mas defendendo ardorosamente.
Para os amiguinhos mais apressados, sentem em cima das mãos, depois que ficar dormente…voces sabem. Não me aporrinhem.
O fórum é uma idéia fabulosa, méritos do Rafael Sobral, um dos únicos que preservam o lado esquerdo do cérebro, mas, olhem! Como é penoso ler determinadas mensagens….ai, ai, ai.
Papai compra o computador pro filhinho, primeiro de tudo, ver mulher pelada, sem parar pela vergonha da banca de jornal, não queima o filme.
Segundo, importantíssimo, mandar mensagens anônimas, vírus, piadas sem graça, ditados, correntes de sorte, notícias inverídicas e escrever colunas para saites variados (donde me incluo).
Trabalho, apenas para pessoas sérias (donde não me incluo).

Ano 2 – numero 4 – Jan/Fev 77 – Cr$15.00
Na capa,
Hawaii
Imbinhoara
Praia de Pernanbuco – SP

70 páginas de informação, deleite, e diversão.
Fazem o que ? 25 anos.
Jubileu de prata.
Uma coisa não mudou, duas: a matéria do Hawaii escrita pelo surfista Ricardo Baerlein dos Santos Lima, já conhecido então como, abre aspas, Bocão, fecha…
A outra, que não muda, anúncio de contra-capa com o mais um Ricardo, o Fontes de Souza, Rico, pose de “brother” ao lado do sul-africano campeão mundial Shaun Tomsom.
Encomendas ? telefones – 294 28 09 e 397 83 29

Um comentário:

Giovanni Mancuso disse...

He,he,he...tu não és mol, hein Júlio?? Jóia de texto. Vou guarda-lo para reler mais vezes...