segunda-feira, outubro 04, 2004

FF no Festival do Rio (clica e leia)

Na apresentação para o público, Fábio não escondia a mistura de felicidade e ansiedade.  Agradeceu por ter tido a oportunidade de ser motivo de um documentário e poder assistí-lo com a família e os amigos. “É muito bom ser reconhecido, e melhor ainda eu estar vivo pra poder ver isso, quando na maioria das homenagens os caras já se foram”, diz Fábio. 

2 comentários:

Anônimo disse...

ae, julio, muito simpática e bacana a crítica da angélica. espero que o filme seja um sucesso, aguardo ansioso a exibição aqui na selva cinza da história do mestre do estilo de surfar e viver [viver com bom-humor e respeito, características que sempre admirei no fabinho; nosso maior de todos sempre foi um exemplo contra muitos parafinas cheios de marra e pose]. grande abraço, zé augusto
ps- aquele projeto que tinha te avisado melou. triste. mais uma patada, e tava há meses sendo enrolado e cheio de expectativas. mais um fim de ano apertado. mas a luta continua. mas valeram a sua atenção e conselhos.

Julio disse...

Zé das Molas,
o Filme passa na 28 Mostra de Zampa, dia 25 de Outubro.
e estréia no dia 5 no circuito nacional.
Abrazzo
Julio